segunda-feira, 11 de março de 2013



ALEXANDRE LUCAS - É artista/educador. Formado em Pedagogia pela Universidade Estadual Vale do Acarau - UVA/CE e com especialização em Língua Portuguesa e Arte-Educação pela Universidade Regional do Cariri – URCA/CE, é poeta, artesão, artista visual, Coordenador do Projeto  No Terreiro dos Brincantes e do Laboratório de Estudos, Vivencias e Experimentos em Arte Contemporânea – LEVE Arte Contemporânea,   é membro do Programa Nacional de Inferência Ambiental PIA/Instituto CUCA, Rede Nacional Intervenções e Performances – Rede IP, Rede ColetivoS, fundador  do Coletivo Camaradas, ex-integrane do Conselho Municipal de Cultura do Crato. Está sempre preocupado em investigar/pesquisar/estudar e promover a arte realizando ações que tenham como foco a democratização dos espaços e das ações de arte para o grande público.

Seus trabalhos sempre entrelaçam arte, interação, questões sobre gênero, emancipação e ações coletivas no fazer artístico. O artista/educador Alexandre Lucas tem um trabalho de engajamento político e de comprometimento com as causas populares na sua arte e sempre com a preocupação de uma arte de interação com o  público, seu trabalho sempre evidencia que é necessário possibilitar e criar condições para que o grande público se sinta parte do fazer artístico.

Seu trabalho artístico dá grande importância à dimensão pedagógica, contribuindo contra o posicionamento passivo e no estimulo o pensamento crítico-social.

Alexandre Lucas já ministrou oficinas e participou de intervenções artísticas nos Estados do CE, PB, BA, RJ, PE, DF, MT para instituições como Centro Cultural do Banco do Nordeste, SESC, Centro Universitário de Cultura e Arte da União Nacional dos Estudantes – CUCA da UNE, Fundação Nacional das Artes – Funarte, Secretaria Nacional de Cidadania Cultural, além de ter realizado exposições individuais e coletivas.  


Coordenou a Célula de Artes Visuais da Secretária de Cultura, Esporte e Juventude do Crato/CE/2013. Alexandre Lucas foi finalista do Prêmio Viva Leitura 2014 com o Projeto Pontos de Leituras nas Bodegas da Comunidade do Gesso – Crato/CE (Coletivo Camaradas) e do Prêmio Patativa do Assaré de Literatura de Cordel 2010 com o Projeto Cordel Engajado (Coletivo Camaradas).  

Atualmente coordena o Coletivo Camaradas, atua no Laboratório de Estudos, Vivências  e Experimentações em Arte Contemporânea - LEVE Arte Contemporânea e é servidor público municipal.